Questões da Banca IBEG

Questão: 141639
Banca: IBEG Prova: Enfermeiro do Trabalho Ano: 2013
Dentre as opções abaixo, qual alternativa de valor da glicemia capilar em jejum já se caracteriza como uma hipoglicemia e hiperglicemia respectivamente:
Questão: 341444
Banca: IBEG Prova: Técnico Industrial de Edificações Ano: 2013
Disciplina: Legislação Estadual Assunto: Legislação do Estado de Goiás ,
Minerva, funcionária pública estadual, comovida com a situação de uma amiga que está passando por sérios problemas financeiros e de saúde, resolve ajudá-la promovendo uma lista de donativos dentro da sua repartição, pedindo um pequena contribuição de cada colega de trabalho em benefício da referida amiga. Segundo o disposto no Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo, essa conduta de Minerva
Questão: 458593
Banca: IBEG Prova: Agente Ano: 2013
Disciplina: Noções de Informática Assunto: Geral ,
 Periféricos são aparelhos ou placas que enviam ou recebem informações do computador. Aplica-se também a qualquer equipamento acessório. Marque abaixo a alternativa que menciona apenas periféricos de saída:
Questão: 359655
Banca: IBEG Prova: Biólogo Ano: 2013
Disciplina: Engenharia Ambiental Assunto: Geral ,

O novo Código Florestal estabeleceu uma série de novas determinações. Acerca desse tema, julgue o  item  seguinte. 


O raio de proteção no entorno das nascentes é de 10 metros.

Questão: 304563
Banca: IBEG Prova: Técnico Industrial de Edificações Ano: 2013
Disciplina: Engenharia Civil Assunto: Geral ,
Uma solução técnica e economicamente viável para conter o surgimento de bolsões de argila de profundidade elevada é retirar todo o material argiloso e substituí- lo por rachão.
Durante a execução de obra de via urbana em que foram realizados serviços de terraplenagem, drenagem e pavimentação asfáltica, foram verificadas as seguintes ocorrências:

- foi encontrada uma camada de argila de profundidade elevada no eixo da via;

- foram construídos bueiros tubulares padronizados de oitenta centímetros de diâmetro em toda a extensão da via, dada a necessidade de agilizar obra;

- foi determinado pelo fiscal da obra o aumento da temperatura da massa para compensar a umidade do solo causada pelo tempo chuvoso, que perdurou por toda a execução do pavimento asfáltico;

- foi realizada a medição dos serviços de terraplenagem mediante a contagem dos caminhões de transporte de solo, cujas caçambas possuíam a mesma capacidade de volume.

Com base nas informações acima, julgue os itens que se seguem.
Questão: 201643
Banca: IBEG Prova: Contador Ano: 2013
Disciplina: Contabilidade Geral Assunto: Geral ,
Em uma mesma data, dois capitais nos valores de R$ 12.000,00 e R$ 21.000,00 são aplicados sob o regime de capitalização simples, a uma taxa de 12% ao ano. O capital de maior valor é aplicado durante um prazo de 2 meses a mais que o capital de menor valor. Se a soma dos valores dos juros das duas aplicações é igual a R$ 4.710,00, então o montante correspondente ao capital de maior valor é, em R$, igual a
Questão: 157018
Banca: IBEG Prova: Procurador Municipal Ano: 2016
Com relação às disposições tributárias, é incorreto afirmar que:
Questão: 337773
Banca: IBEG Prova: Biólogo Ano: 2013
Disciplina: Legislação Federal Assunto: Lei nº 8.987, de 13 de Fevereiro de 1995 (Lei de Concessões) ,
Os serviços públicos de saneamento básico podem ser prestados pelo titular, de forma indireta, mediante contrato de concessão ou permissão, sempre precedida de licitação pública. Qual a modalidade de licitação prevista na legislação vigente para a escolha da contratada?
Questão: 103887
Banca: IBEG Prova: Procurador Municipal Ano: 2016
Acerca da repartição de competências em matéria ambiental, marque a alternativa incorreta:
Questão: 402908
Banca: IBEG Prova: Administrador Ano: 2016
Pode-se dizer, pela leitura do texto, que no segundo parágrafo a palavra RISCOS se refere:
    Secretário

  Conheci Secretário há quatro anos. Araras e Itaipava já mostravam sinais de saturação, com engarrafamentos e preços nada convidativos, enquanto a pequena cidade, localizada em uma estrada sinuosa a 8 quilômetros da BR 040, mantinha ares de roça.
   Ao contrário de Petrópolis e Teresópolis, descobertas antes da consciência ecológica, Secretário se desenvolvia com a presença forte do Ibama, coibindo desmatamentos e autuando as propriedades que não se enquadravam na lei. Os próprios moradores pareciam entender os riscos de a região ter se tornado o novo destino na serra e se empenhavam na preservação dos rios e florestas.
   De lá para cá, o comércio local refinou-se, a terra valorizou-se, mas Secretário continua agreste.
   Uma semana atrás, voltando para o calor do Rio, li na coluna de Ancelmo Gois uma nota sobre o projeto de um condomínio de 140 apartamentos ao lado de um campo de golfe em Secretário.
   Dias antes, por acaso, eu havia visto um programa sobre o impacto dos gramados de golfe no meio ambiente. Para manter as longas extensões de grama fofa e compacta, é necessário acrescentar ao solo caminhões de aditivos químicos. Apesar de verdes, os campos nada teriam de naturais.
  Foi nisso que pensei ao ler a notícia. Nisso e nos prédios de três andares espalhados pelas pradarias. Será mesmo essa a vocação de Secretário? Abrigar um mega empreendimento tão artificial quanto a Disney? É difícil prever.
   No nosso antigo sítio de Teresópolis - uma propriedade modesta comprada por meus pais nos anos 50 -, o entorno do vilarejo de Venda Nova se dividia entre as aldeias de agricultores de agrião, couve e feijão e as casas futuristas dos turistas de fim de semana, com piscinas em forma de ameba.
  O tempo optou pelo agronegócio familiar, e os escombros das construções modernosas se transformaram em vestígios de uma civilização perdida no meio das hortas.
   Em Secretário, as grandes fazendas de gado e a distância da BR preservaram os pastos, matas e rios. Eu fui parar lá a conselho de amigos, faço parte da invasão que ameaça mudar o caráter de Secretário.
  Entendo as razões do capital. Não há por que dar as costas aos dividendos da terra. Os latifúndios tendem a se dividir entre os membros das próprias famílias e o destino que cada um dará ao seu quinhão.
   Ouvi opiniões favoráveis ao golfe e críticas ferozes de gente que nasceu ali. Um grupo acredita que o esporte de elite atrairá dinheiro, o outro acredita que Secretário entrará na era dos resorts, dos condomínios de apartamentos, e perderá seu encanto.
  Seja qual for o lado, é sempre bom lembrar do que ocorreu em Búzios, onde a Praia da Ferradura foi transformada no paraíso dos jet skis e dos banana boats. E não esquecer da brutal favelização de Angra, Petrópolis e Teresópolis.
   Araras soube se preservar. Itaipava menos, é impossível sair da cidade nos horários de pico. Secretário tem a oportunidade de crescer com planejamento e bom-senso.
   Seria bom poder contar com os dois.
(TORRES, Fernanda. Veja Rio,14 fev. 2014.)