Questões da Banca UFCG

Questão: 12407
Banca: UFCG Prova: Assistente em Administração Ano: 2016
No que diz respeito às modalidades de licitação descritas no artigo 22 da Lei 8.666/1993, é correto afirmar que:
Questão: 447924
Banca: UFCG Prova: Analista Judiciário Ano: 2008
Disciplina: Português Assunto: Parônimos e Homônimos , Ortografia ,
As opções que preenchem adequadamente os espaços do fragmento abaixo são prototípicas de um fenômeno denominado em língua portuguesa de:

O ___ (acidente/incidente) que causou a ____ (delação/dilação) do presidente da Amma revela uma __ (contravenção/ contraversão) dos magistrados por muito tempo no estado do Maranhão. As ações consideradas ___ (imorais/amorais) foram apreciadas pelo PCA, cujo relator, o conselheiro Felipe L. Cavalcanti que, ____ (ao encontro de/de encontro a) lei, ___ (aferir/ auferir) resultados dignos de um ____ (censo/senso) de justiça exemplar.

Questão: 345333
Banca: UFCG Prova: Auxiliar Judiciário Ano: 2008
As atribuições do Corregedor-Geral de Justiça, dos Juizes Corregedores e o disciplinamento das correições e inspeções, serão definidos:
Questão: 345360
Banca: UFCG Prova: Técnico Judiciário Ano: 2008
Disciplina: Legislação dos Tribunais de Justiça (TJs) Assunto: Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba ,
Assinale a alternativa que corresponde a impedimento do serventuário para atuar em determinado processo:
Questão: 345363
Banca: UFCG Prova: Técnico Judiciário Ano: 2008
Disciplina: Legislação dos Tribunais de Justiça (TJs) Assunto: Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba ,
Assinale a alternativa que corresponde a uma função atribuída diretamente pela norma estadual paraibana aos técnicos judiciários:
Questão: 212247
Banca: UFCG Prova: Auxiliar de Administração Ano: 2016
As diretrizes curriculares nacionais para a educação básica indicam que o projeto político pedagógico da escola se configura mais do que um documento, uma vez que objetiva uma escola democrática e autônoma e com qualidade social. Nessa perspectiva, a autonomia: 
Questão: 466292
Banca: UFCG Prova: Técnico Judiciário Ano: 2008
Disciplina: Noções de Informática Assunto: Sistema Operacional e Software , Sistema Operacional e Software ,
No Windows XP, é responsável por mostrar as janelas que estão abertas no momento, mesmo que algumas estejam minimizadas ou ocultas sob outra janela,
Questão: 217141
Banca: UFCG Prova: Administrador Ano: 2016
Disciplina: Administração de Recursos Materiais Assunto: Geral ,
A gestão de materiais tem a responsabilidade de realizar várias atividades visando preservar a utilidade dos materiais adquiridos. São atividades da gestão de materiais, realizadas rotineiramente pelo pessoal de almoxarifados de órgãos públicos:
Questão: 313198
Banca: UFCG Prova: Professor de Educação Básica Ano: 2014
Disciplina: Legislação Municipal Assunto: Geral ,
De acordo com a lei 411/90, são competências privativas do Município de Cabaceiras, exceto:
Questão: 447918
Banca: UFCG Prova: Analista Judiciário Ano: 2008
Disciplina: Português Assunto: Geral ,

Assinale a idéia que traduz a expressão destacada em “são graves as denúncias e claro prejuízo ao erário causado” (5º §):
TCU identifica pagamentos irregulares a servidores do TJ do Maranhão
Sílvia Freire
Folha On Line (27 de junho de 2008)


Uma auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) identificou pagamentos irregulares a servidores do Tribunal de Justiça do Maranhão no valor total de R$ 90,5 milhões, ocorridos entre janeiro de 2005 e dezembro de 2006, além de um excesso de funcionários comissionados.
A auditoria na folha de pagamento do TJ-MA foi realizada em abril de 2007, a pedido do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), a partir de denúncias de irregularidade apresentadas pela Amma (Associação dos Magistrados do Maranhão) sobre contratação de servidores comissionados.
Entre as irregularidades encontradas pelos técnicos do TCU está a permanência de 224 servidores na folha de pagamento mesmo depois de exonerados. Alguns deles eram parentes de magistrados e de diretores do tribunal que deixaram os cargos com base na resolução do CNJ, que proibiu o nepotismo no Judiciário. Foram detectados também gratificações irregulares, duplicidade em remunerações, pagamento de adicional de insalubridade a servidores inativos e inclusão de 15 servidores fantasmas na folha.
O PCA (Processo de Controle Administrativo) instaurado no CNJ para investigar a denúncia foi analisado pelos conselheiros na última terça-feira. Segundo o acórdão do relator, conselheiro Felipe Locke Cavalcanti, aprovado pelos demais conselheiros, os desembargadores que presidiam o TJ no período no qual foram encontradas as irregularidades já estão aposentados e não podem ser punidos pelo CNJ.
O acórdão, no entanto, determinou que o relatório do TCU seja encaminhado ao Ministério Público do Estado para apuração de possíveis crimes contra a administração pública. "São graves as denúncias e claro prejuízo ao erário causado. Há também inúmeros vestígios que sugerem a participação dos então presidentes do Tribunal de Justiça", diz um trecho do acórdão.
Para o juiz Gervásio Protásio, presidente da Amma, o dinheiro pago irregularmente a servidores poderia ter sido usado para reduzir as carências estruturais do Judiciário maranhense. "Todos os desvios administrativos têm reflexo na prestação de serviço jurisdicional. O Maranhão tem muita dificuldade para executar um serviço de excelência por falta de estrutura. Temos comarcas sem internet, com dificuldade de transporte e com falta de material de expediente", disse o juiz.
Segundo a assessoria de imprensa do TJ-MA, o desembargador Raimundo Cutrim, atual presidente do tribunal, deverá se manifestar hoje sobre o acórdão do CNJ.


(Adaptado de http://www.jusbrasil.com.noticias/38373, acessado em 22 de julho de 2008